• Administrador do site

CRESCER COM CIÊNCIA


As crianças constroem explicações a partir de variadas experiências familiares e escolares. Os adultos dos seus contextos próximos (família e escola) deverão proporcionar-lhes situações diversificadas de aprendizagem, para exploração de questões e fenómenos que lhes são próximos, aumentando a sua compreensão do real.

Sendo a sociedade atual eminentemente científica e tecnológica, as crianças desde cedo contactam, de forma mais ou menos direta, com diversos equipamentos/brinquedos, que são o reflexo dos avanços e da divulgação da tecnologia.

Os carros comandados, as playstations, os tamagotchis, o computador e os telemóveis, envolvem tecnologias que as crianças manipulam com alguma facilidade, dominando igualmente a linguagem que lhes está associada. Através da sua interação com os objetos, a criança aprende que “se fizer isto acontece aquilo” e, portanto, “para acontecer aquilo tem de se fazer assim”. Inicialmente, através do seu brincar e, posteriormente, de forma mais sistematizada quando acompanhada pelo adulto, a criança vai estruturando a sua curiosidade e o desejo de saber mais sobre o mundo que a rodeia. Para uma compreensão e domínio as crianças devem ser, desde cedo, estimuladas a desenvolver a literacia científica através de pequenas investigações, as quais se pretendem progressivamente mais complexas.

A formação de cidadãos capazes de exercer uma cidadania ativa e responsável é uma das finalidades da educação em ciências, que funciona como impulsionadora da formação de cidadãos capazes de lidar, de forma eficaz, com os desafios e as necessidades da sociedade atual.

Estudos realizados, sobretudo nas últimas duas décadas, têm permitido sistematizar os processos de aprendizagem de ciências de crianças pequenas e reforçar a sua necessidade desde cedo, de preferência de forma intencional já em idade pré-escolar (Harlen, 2006; deBóo, 2000), assumindo-se a educação em ciências como promotora da literacia científica.

No jardim-de-infância, o(a) educador(a) deve promover um ambiente em que as crianças possam apreciar a ciência e construir experiências positivas em relação a ela.

Uma exposição precoce a fenómenos científicos favorece uma melhor compreensão dos conceitos apresentados mais tarde, no ensino básico. Considerando que, em consonância com teorias construtivistas, a construção de aprendizagens, decorrentes de observações, envolve sempre a integração de conhecimentos anteriores, o confronto com novas situações deverá ocorrer o mais precocemente possível, para facilitar a construção posterior de novos conceitos.

No enquadramento das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (ME/DEB, 1997) no âmbito da “Área de Conhecimento do Mundo” as crianças da educação Pré-escolar pública, que frequentam este Agrupamento de Escolas tiveram oportunidade de realizar as seguintes experiências, previstas no projeto “Crescer com Ciência” como uma via de sensibilização às ciências, tendo-lhes proporcionado experiências relacionadas com diferentes domínios do conhecimento humano e estimulado o desenvolvimento de competências do âmbito da literacia cientifica


117 visualizações

Localização

© Copyright 2017 por AEV

Contactos

Tel : (+351) 278 717 163
Fax : (+351) 278 717 165
Email : aev@aevalpacos.pt

Morada

Avenida Estádio da Cruz
5430-461 Valpaços - Portugal